Hipertensão Arterial

A aferição da pressão arterial nos fornece dois valores: a “pressão máxima” ou sistólica, que representa a tensão nas artérias quando o coração se contrai; e a “pressão mínima” ou diastólica, que representa a tensão nas artérias enquanto o coração relaxa.

A hipertensão não tratada aumenta a tensão sobre o coração e as artérias, causando danos aos órgãos, e eleva o risco de insuficiência cardíaca, ataque cardíaco (infarto do miocárdio), acidente vascular cerebral e insuficiência renal.

Quais os níveis de pressão arterial?

  • Pressão arterial normal – Menor ou igual a 120/80mmHg (“12 por 8”);
  • Pressão arterial elevada – A partir de 140/90mmHg (“14 por 9”);

Pessoas com pressão sistólica entre 121 e 139 mm Hg, e pressão diastólica entre 81 e 89 mm Hg têm maior risco de desenvolver hipertensão. No entanto, nesta fase, o uso de medicamentos ainda não é indicado. Porém, é fundamental procurar um médico.

Marcar consulta